Skip to main content
Shaping Europe’s digital future

Tecnologias digitais avançadas

A UE tem vindo a acelerar o desenvolvimento e a adoção de tecnologias avançadas para que os cidadãos e as empresas possam beneficiar de todo o potencial do mundo digital.

Com a entrada na Década Digital, foram surgindo muitas novas tecnologias, todas elas com potencial para transformar as nossas vidas. As três tecnologias principais para a Europa do futuro são a Internet das Coisas, a cadeia de blocos e a Internet da próxima geração.

A Internet das Coisas (IdC) liga o mundo físico a um ambiente digital, em que os objetos conectados comunicam o seu estado e o ambiente em torno deles. Com a ajuda do seu telefone, poderá utilizar um relógio inteligente para monitorizar o seu estado de saúde ou condição física ou para verificar se tem o sistema de alarme doméstico ligado e as suas portas fechadas. Tudo isto é possível graças à IdC.

A IdC apresenta também benefícios em grande escala: O setor da indústria utiliza a IdC para ajudar na gestão das fábricas, sensores instalados nos campos recolhem dados para ajudar os agricultores a tomar melhores decisões, é possível equipar aglomerações inteiras com sensores e monitores para as transformar em cidades inteligentes.

A UE está a trabalhar com a indústria, as organizações e o meio académico para alcançar todos estes e outros objetivos. A visão da UE para a IdC pode ser subdividida em 3 partes:

  1. Uma Internet das Coisas com um ecossistema bem desenvolvido, para ajudar a inovação
  2. Uma abordagem centrada no ser humano, para garantir que a IdC respeita os valores da UE e capacita os cidadãos europeus
  3. Um mercado único da IdC, para que as pessoas e os objetos se possam conectar a partir de qualquer ponto na UE

Embora a IdC nos ajude a conectar os mundos físico e digital, a cadeia de blocos garante a segurança do nosso mundo digital.

A maioria de nós reconhece a tecnologia da cadeia de blocos por detrás do Bitcoin, o primeiro dinheiro virtual do mundo ou «criptomoeda». No entanto, a cadeia de blocos apresenta um sem número de utilizações para além desta, podendo todas elas tornar a atividade em linha mais segura. Por exemplo, pode ser utilizada para verificar a nossa identidade em linha, transferir dados importantes, votar em eleições e monitorizar cadeias de abastecimento, de forma segura.

A cadeia de blocos pode ser vista como uma espécie de base de dados, em que as entradas são permanentemente acrescentadas como «blocos», e em que a «cadeia» não pode ser quebrada ou alterada de forma alguma. A «cadeia de blocos» daí resultante consiste num registo permanente e verificado. Essa cadeia de blocos distribui os dados das transações por todos os utilizadores, pelo que não é conservada num único local. Isto significa que não temos de confiar numa autoridade central e que não há um ponto de falha único.

A UE está empenhada na promoção do crescimento da cadeia de blocos para que os cidadãos europeus possam tirar proveito das suas vantagens em todos estes e outros domínios, para que a Europa possa assumir a liderança mundial nesta área.

A abordagem adotada pela UE para as tecnologias avançadas centra-se no ser humano. De que forma irão estas tecnologias melhorar a sua vida? É também este o caso quando se discute o futuro da Internet.

A Internet desempenha um enorme papel nas nossas vidas. Esse papel assumiu uma importância ainda maior durante a pandemia de COVID-19, quando muitos de nós dependiam da Internet para trabalhar, fazer compras e manter o contacto com familiares e amigos.

À medida que a Internet se vai desenvolvendo, a UE deve garantir que esta reflete os valores que nos são caros e que responde às necessidades da sociedade. O objetivo é tornar a Internet plenamente acessível, para que todos a possam usar, independentemente da língua que falam ou da sua deficiência.

O objetivo é permitir que a Internet reforce a nossa participação na sociedade e na economia, estimulando a intervenção política e a participação na comunidade. Pretendemos também uma Internet segura, para poder ter a certeza da proteção dos nossos dados.

Por essa razão, lançámos a iniciativa Internet da próxima geração – Next Generation Internet (NGI). O objetivo da NGI é garantir que o desenvolvimento das tecnologias e do mundo em linha contribui para tornar a Internet mais centrada nas pessoas.

Além disso, oferece oportunidades de financiamento de tecnologias como a cadeia de blocos, a Internet das Coisas e as ferramentas multilingues. Estas tecnologias são cruciais para construir uma Internet mais segura, aberta e respeitadora.

Latest News

Conteúdo relacionado

Em pormenor

Estratégia blockchain

A UE quer ser líder em tecnologia de cadeia de blocos, tornando-se um inovador na cadeia de blocos e um lar de plataformas, aplicações e empresas significativas.